Projetos de sucesso com preço que cabe no budget


TRUQUES DO COMÉRCIO


Para atrair a atenção dos consumidores, o comércio usa estratégias de neuromarketing. O jeito como o preço de um produto é informado, a cor usada na parede da loja e até a música estão ali para influenciar você a gastar mais.

-LINGERIE:

Loja perfumada

Um perfume traz lembranças e deixa o consumidor mais emotivo. Segundo pesquisa alemã, perfumar o ambiente aumenta em até 15% a probabilidade de uma venda.


Preço simples

O formato curto do preço faz parecer que o valor é menor. A forma “34” é melhor que “34 reais”. Se as letras forem pequenas, o preço parecerá ainda menor.

Defeitos escondidos

Com iluminação indireta, o cliente enxerga menos os detalhes de seu corpo, fica mais satisfeito com a roupa e acaba comprando.

– DEPARTAMENTO

Caminho maior

Escadas rolantes são posicionadas de forma que o cliente precise andar pela loja inteira para encontrá-las. O objetivo é fazer com que ele passe por diversos setores da loja e seja tentado a comprar.

Visão total

O pé-direito alto permite ao consumidor ter uma visão ampla. Dessa forma, tenderá a circular por toda a loja, aumentando as chances de compra.

Espaço para experimentar

Quanto maior o provador de roupas, mais à vontade o consumidor fica. Isso faz com que ele passe mais tempo experimentando peças, o que aumenta as chances de compra.

– LANCHONETE

O vermelho estimula o apetite. Nas lanchonetes de fast food, essa cor está em logotipos, mobiliários e embalagens. O consumidor fica com mais fome e come mais rápido, dando espaço para outro

Escolha rápida

O cardápio não tem muitas opções porque, se a variedade for muito grande, o consumidor demora mais para escolher.

Chamar a atenção das crianças

Oferecer brindes é a principal estratégia para atrair as crianças. Algumas lanchonetes até vendem os brinquedos separadamente, mas sozinhos eles custam apenas R$ 2 ou R$ 3 menos do que o kit completo.

– RESTAURANTE


Prato chique

Nomes rebuscados de pratos fazem o cliente pagar mais. Pagar R$ 60 por um “cozido de carne” pode parecer muito, mas é aceitável num “boeuf bourguignone” (nome francês do mesmo prato).


Primeiro os preços mais altos

O cardápio costuma trazer primeiro os pratos mais altos, depois os médios e só então os mais baixos. Vendo o preço mais caro primeiro, o consumidor terá a ilusão de que o restante vale a pena.

A armadilha dos R$ 0,99

Preços que terminam em R$ 0,99 ou R$ 0,95 são chamados de “preços psicológicos” porque dão a impressão de serem menores. Um prato de R$ 29,99 parece mais perto de R$ 20 do que de R$ 30.

– SUPERMERCADO

Leite e ovos sempre em promoção

Produtos como leite e ovos estão sempre em promoção, porque os preços são fáceis de serem lembrados. Se o preço do leite está mais baixo, o cliente tem a impressão de que tudo está mais barato.

Carrinho cheio

Quanto maior o carrinho, maior a tendência de o consumidor comprar mais. Dez itens parecem muito se estiverem num carrinho pequeno, mas, em um maior, a impressão é de que há poucos elementos

Preço simples

Os supermercados facilitam a conta nas promoções. É mais fácil vender um produto “de R$ 10 por R$ 8” do que um “de R$ 10 por R$ 7,89”, porque fica mais simples calcular o desconto.

Produtos frescos

Frutas e vegetais costumam ser expostos em caixas de papelão ou caixotes de madeira para dar a impressão de que eles acabaram de ser enviados pelos produtores à loja e por isso estão muito frescos.


Sentido anti-horário

Pesquisas mostram que clientes gastam 7% mais quando andam no sentido anti-horário, porque é mais natural para o cérebro. Na direção oposta, há desconforto. As lojas buscam uma organização de produtos para estimular o caminho natural.

– INFORMÁTICA

Som na loja

Uma pesquisa no Reino Unido revelou que uma música agradável faz o consumidor ficar mais tempo na loja, ter vontade de voltar, recomendar para outras pessoas e gastar mais.

Foco nos produtos

As lojas de informática costumam ter pé-direito baixo. O objetivo é fazer o consumidor se concentrar mais nos detalhes dos produtos, atitude essencial para a venda.

Produto premium

Alguns produtos são colocados em áreas mais nobres das lojas. Isso dá a ideia de que são mais inovadores e de maior qualidade. Geralmente, esses produtos têm margens de lucro maiores.

FONTE: http://economia.uol.com.br/infograficos/2012/05/18/neuromarketing-veja-tecnicas-usadas-pelo-comercio-para-enganar-o-cerebro-e-fazer-o-cliente-gastar-mais.jhtm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: